Strict Standards: Declaration of Walker_Page::start_lvl() should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Page::end_lvl() should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Page::start_el() should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Page::end_el() should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_PageDropdown::start_el() should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Category::start_lvl() should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Category::end_lvl() should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Category::start_el() should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Category::end_el() should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_CategoryDropdown::start_el() should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-settings.php on line 240

Strict Standards: Declaration of Walker_Comment::start_lvl() should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 0

Strict Standards: Declaration of Walker_Comment::end_lvl() should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 0

Strict Standards: Declaration of Walker_Comment::start_el() should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 0

Strict Standards: Declaration of Walker_Comment::end_el() should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/transpor/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 0

Strict Standards: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, non-static method GoogleSitemapGeneratorLoader::Enable() should not be called statically in /home/transpor/public_html/wp-includes/plugin.php on line 339
Transporte Brasil - Rodoviário e Aéreo

Transporte Brasil

Até a década de 50 a economia brasileira era baseada em produtos primários e assim o sistema de transporte Brasil ficava restrito ao fluvial e ferroviário, sendo que o sistema de transporte somente na metade do século XX quando o processo industrial começou a acelerar é que foram concentrados recursos no setor rodoviário, com isso foram prejudicadas as ferrovias principalmente nas áreas de cargas pesadas e extração mineral. Por sua vez o setor rodoviário mesmo sendo um dos mais caros, ficando atrás apenas do setor aéreo, no final do século era o tipo de transporte Brasil que mais transportava cargas absorvendo 60% deste transporte. As primeiras rodovias brasileiras datam do século XIX, porém essa malha rodoviária somente teve sua ampliação assegurada durante o governo de Getúlio Vargas com a criação em 1937 do Departamento de Estradas de Rodagem e que foi acelerada com a implantação da indústria automobilística na segunda metade da década de 50.

Transporte Aereo do Brasil

Transporte Aereo do Brasil

A partir daí o processo de industrialização se acelerou e com a mudança da capital federal para Brasília a rede rodoviária se ampliou de forma notável a tabela de veiculos e o transporte Brasil de cargas e passageiros passou a ser feito principalmente por rodovias. Após três décadas o crescimento acelerado deu lugar a uma estagnação pois com extinção do imposto sobre combustíveis e lubrificantes houve uma grande perda de receita e a ampliação e manutenção das rodovias não foram realizadas e com isso chegamos ao fim do século XX com os transportes Brasil feitos por rodovias bastante prejudicados, sendo ainda essas vias responsáveis por 65% dos transportes de cargas e 92% de passageiros. Hoje a rede rodoviária do país está cheia de pedágios espalhados por muitos pontos e embora os preços exorbitantes destes, ainda assim temos rodovias em péssimas condições de tráfego, isso sem contar com a queda das vendas de veiculos que são resposaveis pelo IPVA que deveria ser um imposto usado nas estradas.

Transporte Rodoviário do Brasil

Transporte Rodoviário do Brasil

Quanto às hidrovias brasileiras, embora a rede fluvial nacional seja privilegiada jamais houve investimento adequado e nunca foi bem aproveitada, basta dizer que no fim do século XX, esta participava com apenas 1% do transporte de cargas. O transporte Brasil por meio de carros e motos entre outros diversos meios de transporte poderia ser bem diferente se houvesse um maior aproveitamento das hidrovias do país. Já no que se refere ao setor aéreo, o transporte no Brasil também não é bem estruturado, tendo ainda nos dias de hoje muitas e graves falhas.

Transporte do Brasil

Transporte do Brasil

Foi implantado no país em 1927 por companhias particulares e sob o controle do Ministério da Aeronáutica. A rede brasileira teve um grande crescimento na década de 80, porém sofreu os reveses da crise mundial que atingiu este setor no início dos anos 90. Temos ainda no Brasil o transporte marítimo que é muito pouco expressivo, hoje os navios brasileiros não tem reserva de mercado e navios estrangeiros podem fazer o transporte de cargas e passageiros.